sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

QUANDO ISTO VAI ACABAR?

Ainda continua esta desgraça do surgimento de notícias de abusos sexuais de alguns sacerdotes da Igreja Católica a menores. Agora um grupo de mais de 60 ex-internos, mudos, de um colégio de Verona, Itália, saíram do anonimato e denunciaram. A justiça de lá não poderá fazer mais nada, pois os crimes estão prescritos, mas eles denunciaram porque ainda há sacerdotes exercendo as suas atividades em colégios por lá. Poxa, se tem sua homossexualidade porque não buscam adultos, por que jovens em formação emocional e no caso de Verona ainda adolescentes especiais? O que você acha que vai acontecer com estes sacerdotes?

5 comentários:

Luana disse...

Bah Medrado, nem fala uma coisa dessas...a sociedade não quer enxergar essa podridão, que não acontece só na Itália, mas em todo lugar, com sacerdotes, com avôs, pais, enfim, a perversidade sexual humana é uma coisa terrível. E, obviamente, assim como esta notícia não apareceu na mídia, a impunidade protegerá a "divina instituição católica". As pessoas simplesmente preferem fazer de conta que isso não existe. Lembra do caso do estupro que aconteceu na faculdade de dança ano passado? Pois é, sofri uma "investida" digamos assim, nas dependências da faculdade de geologia da UFBA em 2005, fiz um auê, fui para a polícia, alertei a comunidade acadêmica, fui à diretora do instituto...fizeram uma ocorrencia, colocaram umas restrições e...mais nada...e pior, outras pessoas começaram a aparecer dizendo que aquilo não era a primeira vez que acontecia...ou seja, nós não temos a cultura de dar a devida importância até que algo realmente grave ocorra..lamentável...

Beth Martins disse...

Medrado, a Igreja Católica "peca" e muito!!!! Estão longe de olhar a "própria trave"....Só apontam, acusam, proíbem...e a "trave" dos próprios olhos?????? Cadê quem tire????? Quem foi mesmo que disse isso????? Ahhhhhhhhhhh...Cristo...."acho que está na bíblia"!!!!....
Um grande abraço....

judite disse...

Bom dia amigo!!!
Enquanto reinar a impunidade, TUDO ficará na mesma.
Tenha uma semana maravilhooosaaa!!!

Judite disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mario Augusto disse...

Estes serviços não podem ficar as escuras,como Medrado fala muito "gente não é gente", confiar apenas na tutela religiosa qualquer que seja, nos moldes de hoje é loucura. A família e a sociedade deve participar atentamente, ouvir, indagar, acompanhar de perto.