quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

MEDIUNIDADES, FARSAS E CARNAVAL

Olá, gente minha, não sei você, mas estou sendo tomado por um cansaço muito grande com esta onda cada vez maior de médiuns espetaculares que surgem a três por dois, diria minha mãe, pelo mundo afora. São pessoas que confundem desencarnados com encarnados e vice-versa, são inconscientes totais, que nada sabem das comunicações... Olhe é uma saraivada de engodos, falacias... misericórdia. Durante este período do Carnaval, é um tal de falar de obsessão, perturbação, baixa vibração... Me deixe, viu!!! Você acha realmente que o médium é este ser que sabe e pode tudo? Participe, diga o que você pensa... Brinquem o Carnaval na paz, ok? Até.

14 comentários:

Judite disse...

Boa noite amigo!!!!
Verdade VERDADEIRA!!! Frequento Apometria, e até lá nos foi passada a MALDIÇÃO do Carnaval,quando, na verdade, a obsessão está em todos os lugares e a qualquer hora, INDEPENDENTEMENTE de ser Carnaval ou não.O que conta é nossa SINTONIA no bem ou no mal.
Que você BRINQUE ou DESCANSE com muita PAZ e ALEGRIA....
Abraço FORRRRRRRRRRRTE.

Luciana disse...

Medrado,
eu acho que a baixa vibração, pelo menos a princípio, é individual e se a pessoa estiver feliz, com pensamentos bons e em paz, o mundo e a espiritualidade vão conspirar a favor dessa pessoa e só restará então, se divertir no carnaval e pular muuuuito.rsrsrs
Aproveito a oportunidade pra dizer que vc e a cidade da luz, me fazem muito bem. Sou grata a vcs e gostaria, um dia, poder retribuir tudo o que recebo de vcs. Tudo de bom e um ótimo carnaval. Bjossss

Julice disse...

Que baixa vibração que nada! Fui com minha família ontem para um camarote na Barra e a vibração estava altíssima, o povo pulava e o chão vibrava que era uma beleza! Foi ótimo! Gosto de você.
Um Beijo,
Julice.

Mario Augusto disse...

Baixa vibração ou pouca alegria de viver e festejar? falta de estudo ou preconceito? Bom, que as coisas não estão um mar de rosas sabemos, porém o terror que é feito por parte das divindades mediunicas vence o Jason do filme sexta-feira treze, cadê o discerimento desse povo?. A todos um ótimo carnaval, livre da baixa vibração do Santo Médium!! Grande abraço

Edna Bocuda disse...

Olá, querido mestre Medrado!
Não acredito que o médium seja alguém que tudo sabe e pode! Se for um médium estudioso, sem preconceitos, sem amarras e antenado com os dias atuais, por certo, saberá um pouco mais que aqueles que assim não procedem, mas quem é que sabe e pode tudo?
Quanto ao carnaval ser um "antro de obsessores", quando vão parar com isto? Que terrorismo sem noção!
E olhe que o espiritismo tem aquele famoso tripé: ciência, filosfia e religião! Mesmo assim, existem pessoas que não passam do senso comum.
Com que objetivo, eu me pergunto? Se são pessoas "esclarecidas", que "alisaram o banco da ciência", como diz mainha, por que muitas ainda insistem nesta afirmação? Para amedrontar? Com que objetivo? Ai, ai...
Beijos

biazinha disse...

Pois é, acho um tédio essa época, qdo começo a receber vários e.mails culpando o carnaval por tudo de ruim que acontece.
Putz, as tragédias, violências, acontecem a todo o tempo. A culpa não é do carnaval, e sim, da irresponsabilidade das pessoas.
Por quê os espíritas não veem o lado bonito do carnaval? Por quê eles não veem a alegria, a vontade de viver, das pessoas que passam o ano todo planejando, enfeitando as suas fantasias para desfilar nas escolas de samba do RJ por exemplo? Pessoas que encontram no carnaval a força prá continuar lutando, vivendo nas favelas cheias de traficantes.
Essas pessoas encontram no carnaval um estímulo maior, que sim, eu acredito que vem de DEUS, prá suportar tanta prova.
No país todo, gente boa, gente sofrida, aproveita esse feriado prá relaxar, festejar, extravasar.
Se alguns marginais cretinos aproveitam prá executar seus planos sórditos, isso é minoria, Graças a Deus!
Eu acredito que hoje, a grande maioria da população, está preocupada em se divertir simplesmente, "na boa".
Bjim procê Medrado.
Bia

Bianca disse...

Fora as pessoas que não gostam de carnaval, porque não se sentem bem em ambientes com muita gente e coisas afins (como eu), acredito que os "médiuns" e toda a gama de religiosos que condenam o Carnaval assim o fazem por defenderem a ideia de que se você está com Deus deve diferenciar-se em uma espécie de bolha. É como se Deus nos visualizasse por fora, através da manga longa, saias e cabelos enormes, Bíblia debaixo do braço, pose de santo, vozes macias, etc e tal. Cuidem dos seus corações e atitudes e deixem em paz quem quer curtir o Carnaval!

Paty Bonito disse...

Se médium fosse aquele que tudo ve e tudo sabe, a vida dele seria um mar de rosas.Acho de uma hipocrisia danada esses médiuns que "se acham" e o pior é que se você parar para analisar, todos tem a postura , o mesmo modo de falar, o tom de voz ...e por assim vai.Fora os e-mails que a gte recebe nessa época ...aff...se for parar pra ler chega a dar tédio...sempre a mesma ladainha...
Eu brinco o Carnaval a anos, vou atras do trio, me divirto pra valer...e quando volto pra casa, volto é até mais revigorada, cheia de energia( e da boa viu..rsrsrs), muito mais Feliz.
É tudo uma questão de Sintonia...
beijos

Luiz Mario disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz Mario disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luiz Mario disse...

A BÍBLIA CONDENA O ESPIRITISMO?

As palavras, Espiritismo e Médium Espírita, não existiam no hebraico na época de Moisés, como não existem até hoje. Como podem então, estas mesmas palavras estarem na Bíblia? Porque foram colocadas lá?

Observe agora, as traduções feitas pelas seguintes Bíblias:

* 35ª Edição da Bíblia, realizada pelo Centro Bíblico Católico, Editora Ave Maria:

“ Quando tiveres entrado na terra que o Senhor, teu Deus, te dá, não te porá a imitar as práticas abomináveis da gente daquela terra. Não se ache no meio de ti quem faça passar pelo fogo seu filho ou sua filha, nem quem se dê à adivinhação à astrologia, aos agouros, ao feiticismo, à magia, ao espiritismo, à adivinhação ou a evocação dos mortos.”

Testemunhas de Jeová:

“ Quando tiveres entrado na terra que Jeová, teu Deus, te dá, não deves aprender a fazer as coisas detestáveis dessas nações. Não se deve achar em ti alguém que faça seu filho ou sua filha passar pelo fogo, alguém que empregue adivinhações, algum praticante de magia ou quem procure presságios, ou um feiticeiro, ou alguém que prenda outros com encantamentos, ou alguém que vá consultar um médium espírita, ou um prognosticador profissional de eventos, ou alguém que consulte os mortos.”

Se os Umbandistas, não omissos em relação à sua crença, conseguiram fazer com que a Justiça proibisse dos chamados "pastores" a denegrirem a sua imagem, colocando inclusive gente na cadeia aqui na Baixada Santista, quando tentaram acabar com a manifestação deles à beira da Praia Grande aqui, sem que com isto fossem violentos, exigindo também, POR LEI, o direito de resposta nas televisões deles, porque nós os espíritas tão, "bonzinhos", tão "humildezinhos", tão "caridosozinhos" não podemos fazer o mesmo? E o livro do Padre Jonas Abib continua aí, à venda, sugerindo que os seus fiéis exterminem os espíritas, bem como o livro do Edir Macedo "Orixás", "Caboclos" e "Guias", recomenda exatamente a mesma coisa, numa verdadeira pregação nazista. E ninguém fala nada neste país? Aí eu pergunto, porque nós espíritas não fazemos a mesma coisa? Porque espíritas do calibre de Alamar Régis Carvalho, dono da Rede Visão, Severino Celestino da Silva, autor do livro Analisando as Traduções Bíblicas, e Jorge Rizzini entre outros, este último defendeu brilhantemente a Doutrina, nos anos sessenta no caso das Materializações de Uberaba, não promovem um movimento, para que seja criada uma lei, que proíba que as Bíblias, sejam impressas contendo tais palavras? Claro que não seria uma coisa ditatorial. Os nossos adversários teriam direito a defesa, enfrentando-nos em um debate. Porque somos tão omissos? Medo? Negligência? Falta de amor suficiente pela doutrina? Espíritas do Brasil manifestem-vos.

http://abibliacondenaoespiritismo.blogspot.com/

Luiz Mario disse...

A CNBB CONDENA O ESPIRITISMO?

Se a Bíblia é a "palavra de Deus", se a mesma "condena o Espiritismo", se a Igreja Católica, é a "única representante de Cristo na Terra", se o "papa" é "infalível". Porque então com todos estes recursos, para a defesa da igreja, seus bispos optaram pelo assassinato do bispo Dom Aldo Di Cillo Pagotto?

O texto abaixo foi extraído da palestra, "Reflexos da Divulgação do Espiritismo", de Alamar Régis Carvalho. Esta palestra está gravada em fita, e encontra-se à disposição do público na biblioteca da Federação Espírita do Estado de São Paulo.

O Bispo Católico Dom Aldo Di Cillo Pagotto, arcebispo do Nordeste, deu uma entrevista ao programa Espiritismo Via Satélite. Programa este apresentado pelo senhor Alamar Régis Carvalho. Durante a entrevista, Dom Aldo disse li Paulo e Estevão, (obra psicografada por Chico Xavier) quem não leu não sabe o que está perdendo. Estive com Chico Xavier e me vi diante de um autentico santo. Durante um encontro da CNBB, em Santa Catarina, um bispo pediu satisfação a Dom Aldo, sobre a referida entrevista. Os ânimos se exaltaram, então os bispos disseram: Nós tiramos a reencarnação da bíblia, precisamos rever esta tese. Nós tiramos a mediunidade da bíblia, precisamos rever esta tese. Entusiasmado com o fato o Senhor Alamar promoveu com o auxílio da USE, União das Sociedades Espíritas, O 1° Encontro Espírita do Estado de São Paulo ENCOESP. Encontro este que seria realizado, em Janeiro de 2001 no Anhemi. Este encontro teria a participação dos bispos da Igreja Católica brasileira, bispos estes que: Pretendiam fazer, uma reforma no Cristianismo, a partir do Brasil, e apresentar ao mundo o Espiritismo com sendo o Cristianismo redivivo. O senhor Alamar disse inclusive, que os espíritas que fossem ao encontro, ficariam surpresos, pois o Anhembi estaria lotado de bispos católicos. Estavam convidados para serem os palestrantes, Dom Aldo Di Cillo Pagotto, o padre José Linhares Pontes, que é ou era deputado federal pelo Ceará, e o pastor protestante Nehemias Marien. Só Dom Aldo Pagotto não compareceu, o motivo foi que, trinta por cento dos bispos católicos brasileiros, disseram: Se for para acabar com a Igreja Católica, vai ter sangue no Anhembi. Ameaçando assim, assassinar a tiros de metralhadora, Dom Aldo Di Cillo Pagotto, caso este fosse ao evento. Houve uma reunião de emergência, pensaram em chamar a polícia, e avisar a imprensa. Foi decidido então que a idéia precisava amadurecer, para posteriormente então os bispos entrarem com toda a força, para fazerem a reforma no cristianismo. Dom Aldo recuou, e o evento não aconteceu da forma como havia sido previsto. Alamar Régis Carvalho é hoje, dono da Rede Visão.

http://aigrejacatolica.blogspot.com/

Luiz Mario disse...

PROFETAS OU MÉDIUNS?

Médium (latim, médium, meio, intermediário). Pessoa que pode servir de medianeira entre os Espíritos e os homens.

O "deus" que orientava Moisés, era invisível e intangível. Os espíritos, (ou seja lá como algunas correntes religiosas os denomina) que orientavam os profetas, eram invisíveis e intangíveis. O Deus que orientava Jesus era invisível e intangível. Os espíritos, ou "espírito santo", que falaram através daquelas pessoas no Pentecostes, eram invisíveis e intangíveis. O espírito, ou "espírito santo" que inspira os bispos e padres católicos, os bispos e pastores evangélicos nos dias de hoje, é também invisível e intangível. Se um ser humano, visível e tangível consegue ser inspirado, (transmitir) uma mensagem desses seres invisíveis e intangíveis, significa que: Este ser humano tem uma faculdade que o torna apto para tal. Se somos todos iguais, então a lógica nos diz que esta faculdade: É A MESMA EM TODOS. Algumas correntes religiosas, chamam à pessoa que tem esta faculdade, de profeta. Nós espíritas chamamos de: MÉDIUM

Quando o Conselho de Medicina proíbe um mau médico de exerçer a profissão, não significa que o exercício da medicina seja proíbido. É proíbido sim, o mau uso do exercício da medicina. As pessoas que, na época de Moisés, praticavam o ritual da necromancia¹, eram rudes e ignorantes ao extremo, então por uma questão de afinidade, (semelhante atrai semelhante) atraíam para sí, espíritos do mesmo nível. Que tipo de orientação um espírito dessa categoria pode dar? Obviamente que a mesma, seria acatada pelo orientado. Imagine os danos que essa orientação, trazia para a vida daqueles pessoas.
Moisés proíbiu sim: O MAU USO DA MEDIUNIDADE

¹Segundo o livro "Historia das Religiões" de Antonio de Almeida e Souza, Necromancia é um culto de origem egípcia e africana onde os supostos sacerdotes tentam adivinhar o futuro evocando espíritos e com auxilio de restos mortais de animais e de pessoas.

mariano disse...

José medrado prazer estar em seu blog a alguns anos atras assistia você pela TV em rede nacional que você participava.sempre te admirei muito, pela sua forma de se expressar,e principalmente pela sua larga experiencia na doutrina, rapaz to com uma duvida que já procurei em vários livros e não consegui tirar essa duvida. estão disseminando em nossa região que o medium incorporado pode doutrinar ele mesmo a entidade na qual ele esta incorporado no caso irmãos menos esclarecidos e possível o medium por pensamento ele mesmo doutrinar sem precisar de um doutrinador?