sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

EUTANASIA: VOCÊ ACHA QUE HÁ CASOS QUE PODE SER UTILIZADA?

"Para nós, ela está morta desde 18 de janeiro de 1992". Assim o italiano Beppino Englaro, 67 anos, expressou como vê a situação em que se encontra sua filha, Eluana. Ela sofreu um grave acidente automobilístico, há 17 anos, e está em coma profundo desde então. Você acha que há casos em que a família poderá recorrer à eutanásia, ou nunca deve se buscar esta prática?
Adoro ler o que vocês pensam.

Feliz fim de semana.

14 comentários:

Beth Martins disse...

Medrado,
Acho que á eutanásia deve ser utilizada em casos irreversíveis, em que um ser humano "vejeta". Mas uma pergunta "insiste" e "me provoca"..."Onde está o espírito desta moça"?
Um grande abraço!

Julice disse...

Querido, isso é o que podemos chamar de uma faca de dois "legumes". Nós, espíritas, sabemos que pode fazer parte da trajetória ou do planejamento dessas pessoas esse tipo de situação, no caso do doente ou da família. Poxa! Mas só estas famílias sabem o que estão passando, mantendo essas pessoas "vivas" por tantos anos, acho que o bom senso deve prevalecer nesses casos. Nossa religião, graças a Deus nos permite isso, fazer escolhas e suportar as consequências, caso elas apareçam. O que você, José Alberto, faria se uma pessoa de sua família(muito querida) estivesse nessa situação?
Te amo MUITO,
Um beijo,
Ju

J.LIMA disse...

Eu sou a favor da eutanásia sim em casos específicos como este que está na mídia já algum tempo.
Pois no final das contas,já são 17 anos de sofrimentos para ela e para quem o acompanha durante estes longos anos.
Por sorte ela ainda tem pais carinhosos que durante este período estiveram lá,firmes na esperança de vê-la forte e saúdavel novamente,mas os anos se passaram para eles também e quando eles partirem,quem irá cuidar desta pobre e indefesa criatura?
Será o Estado,a igreja,os humanistas de plantão?...
Um forte abraço.

M. Nilcéia Juncklaus Preis disse...

Oi amigo yaqqir!
Um domingo sereno prá ti!

Penso ser inútil abreviar a vida para fazer cessar o sofrimento, dela ou da família.
O sofrimento sempre tem uma causa e sempre há na dor um caráter evolutivo. Os instantes finais da vida física podem ser de grande importância na jornada evolutiva do espírito.
A eutanásia acabaria abortando as oportunidades de crescimento pessoal para aquele espírito encarnado e seus familiares.
A vida, como sabemos, não acaba na morte física, e muito menos a dor, que ao contrário, pode até se tornar mais intensa na espiritualidade ou numa reencarnação futura, como forma de expiação pela falta de resignação.
Que fique claro que a inutilidade de se abreviar a vida não deve ser vista como uma apologia ao sofrimento, pois acredito que se deve utilizar todos os recursos disponíveis para minorar a dor do indivíduo.
Há uma consequencia que a aceitação da eutanásia pode trazer: o desinteresse e até o decréscimo das pesquisas que visem a melhoria da qualidade de vida dos que se encontram em estado terminal.
"Sempre se é culpado por não esperar o termo fixado por Deus (...) É sempre uma falta de resignação e de submissão a vontade do criador" (pág. 371). Isso mesmo nos casos em que a morte é inevitável e em que a vida é abreviada por alguns instantes.(Allan Kardec, O Livro dos Espíritos),

beijo carinhoso!
Saudades tuas!

Tudo que se quer disse...

EU NÃO SOU A FAVOR, ACHO QUE REALMENTE DEVE SER DOLOROSO PARA A FAMILIA, MAS PENSO QUE SE NÃO HOUVE O DESLIGAMENTO É PQ O ESPIRITO PRECISA RESGATAR ALGO E A FAMILIA TAMBÉM, MAS CABE A CADA UM QUE ESTA VIVENDO O PROBLEMA DECIDIR, PARA ISSO TEMOS A LLIBERDADE DE ESCOLHA,EU NÃO ABREVIARIA DEIXARIA TRANSCORRER O CURSO NORMAL INDEPENDENTE DO TEMPO, POIS EU PODERIA SER RESPONSAVEL POR NÃO PERMITIR A EVOLUÇÃO DAQUELE ESPIRITO.
SAUDADES MEDRADO, VISITE O MEU BLOG TAMBÉM!

lio disse...

Medrado,
Acredito que não deva ser muito útil abreviar a vida para acabar com o sofrimento da pessoa e/ou da família.
Segundo o espiritismo sofrimento tem caráter evolutivo. E o estado de coma se compara a uma pessoa dormindo, com o espírito presente ao corpo capaz de perceber tudo ao seu redor. Então dando fim nesses sofrimentos com a eutanásia, como ficaria a evolução espiritual dessa pessoa e/ou dessa família?
Não que eu seja a favor do sofrimento, mas a medicina está bastante avançada para proporcionar um conforto à esses pacientes em coma profundo , que nada sentem fisicamente, mas estão com seus espíritos ali presentes sentindo com certeza uma dor espiritual muito grande e que só o afeto e carinho da família, amigos e profissionais de saúde podem ajudá-lo.
Um grande abraço!

Judite disse...

Hei..hei..peraí...ainda dá tempo de ler minha resposta???
Tô atrasada...mas tô aqui!!!(minha irmã quebrou o pulso..tô dando uma força..e tb estou com a mão machucada)
NÃO concordo com eutanásia, para mim é assassinato. Mesmo que o espirito esteja sofrendo e consciênte da situação, DEVE haver um motivo na espiritualidade para êle passar por isso...e a família também...Eutanásia é um jeito simplório da família DESCARTAR seu sofrimento.
Abraço FORRRRRTE

Silvinha disse...

Será que se praticarmos a eutanásia não estaríamos interronpendo um processo de resgate? Será que o espírito não vai ficar revoltado?Que poder temos sobre a vida dos outros ? Não sei responder sua pergunta.São muitas dúvidas!
Beijos
Silvinha

Luciana disse...

Medrado, que assunto difícil. Pensando no lado prático eu seria a favor, mas ao mesmo tempo acredito que Deus quer ensinar alguma coisa pro enfermo e para a família, o sofrimento não é em vão. Portanto, por mais que seja doloroso e desgastante, eu sou contra. Muitos Beijos, Luciana

Dany Santiago disse...

Medrado,
É aquela coisa, nunca saberemos os designios divinos para que aquele espirito ainda esteja preso ao seu corpo físico. É uma situação de sofrimento tanto para a família quanto para aquele espírito que demora a se libertar. Se fosse comigo e eu pudesse escolher preferia partir de uma vez, mas, neste caso não estaria eu cometendo suicidio e me prendendo em níveis muito mais perigosos de energias...e no caso da família nao estaria cometendo assassinato. Já ouvimos falar de casos de pessoas que passam anos em coma e de repente dispertam como se nada tivesse acontecido...enfim eu atualmente sou contra a eutanasia.

Dany Santiago disse...

ui socorro...quis dizer despertam....rsrs
Só corrigindo!!! :)

Dany Santiago disse...

Acabei de ver no site do Uol que ela faleceu(Eluana) após desligarem sua alimentação artificial.

Thor disse...

Não sou a favor, cada um tem um caminho a segui, e acredito que deve percorrê-lo até o fim determinado.

Jucy

Jorge disse...

OLÁ MEDRADO,
O SEU NASCIMENTO FAZ RENASCER NOVAS CONSCIÊNCIAS ADORMECIDAS.
NASCER É SER SEMENTE NO DESABROCHAR DO MUNDO NA PRIMAVERA.
É SER BARCO VELOZ ATRACADO EM UM CAIS EM BUSCA DE UM PRIMEIRA PARTIDA.
É OLHAR UM MUNDO QUE ACOLHE E LHE OFERECE OS PRIMEIROS PASSOS SEM PARAR NO CAMINHO.
NASCER É ORVALHO PRONTO PARA TECER CADA MANHÃ ENFEITANDO SEMPRE UM NOVO DIA.SÃO FLORES SE ABRINDO PARA ENFEITAR A PRIMAVERA DOS SEUS ANSEIOS.
APROVEITE ESSA GRANDE CHANCE E FAÇA DA SUA VIDA UM PORTO SEGURO ONDE ACOLHERÁ O BARCO DOS SONHOS QUE LEVARÁ AOS SEUS IDEAIS
PARABÉNS COM DEUS SEMPRE.
DO PROFESSOR QUE ENSINA APRENDENDO.
"AQUELES QUE PASSAM POR NÓS, NÃO VÃO SÓS, NÃO NOS DEIXAM SÓS. DEIXAM UM POUCO DE SÍ. LEVAM UM POUCO DE NÓS."
"Antoine De Saint Exupéry"
Seu amigo: Jorge \lyrio