quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

EU PENSO....

Eu penso que questões religiosas não devem ser impostas a ninguém, como se fossem verdades absolutas. São verdades para quem acredita, não para todos. Dessa forma, cabe, assim penso, a nós religiosos tentar fazer o convencimento, jamais uma imposição. Dessa forma, acredito que a eutanasia deve ser encarada pela família, pelo interessado e a decisão deles. Vocês poderão dizer: Mas e o processo de depuraçoão do espírito? Ora, ora... será que todos cumprimos sempre à risca tudo a que nos propomos antes da reencarnação? Será que os nossos valores religiosos devem ser aceitos e seguidos pela humanidade toda? Será que realmente sabemos o que é melhor para o outro?

Quanto à morte em si eu não temo, guardo preocupação quanto à forma que morrerei. Se merecimento tiver prefiro ir sem uma longa enfermidade...mas vamos ver.

Continuem participando, legal saber o que vocês pensam

4 comentários:

Julice disse...

É por isso que gosto tanto de você!
Pela sua sensatez, inteligência e sensibilidade.
Um abraço apertado.
Julice.

Dany Santiago disse...

Medrado, cá prá nós, eu tenho medo que me "pélo" da morte...eu pensava que não tinha, até passar por uma situação limite na minha saúde, enfim, tive uma sensação de "quase morte" durante um "sonho" que até hj não sei se era sonho...enfim. Tenho medo que me "pélo"!

Dany Santiago disse...

ps: quanto ao tema principal concordo plenamente em não ser imposta a religião. Meu namorado mesmo se diz ateu...mas já foi várias vezes a cidade da luz e adora (é o único centro que ele já foi me acompanhar), entenda ele não foi por ele, foi só me acompanhar...mas eu bem vi ele de olhinho fechado....kkkkk

Judite disse...

Oi amigo...
Continuo PENSANDO ser a eutanasia um DESCARTAR de problemas...Nem pensei em religião quando opinei e SIM em NÂO ABORTAR um ser que AINDA vive.
Abraço FORRRRRRTE.