segunda-feira, 21 de junho de 2010

O QUE VOCÊ ACHA DESTA OBRA? OPINE.

O Evangelho Segundo Jesus Cristo é um romance de José Saramago que conta a história da vida de Jesus de uma maneira moderna e crítica da religião.
O livro conta uma história humanizada da vida de Jesus e alude a uma sua eventual relação com Maria Madalena (no livro, foi com ela que Jesus "conheceu o amor da carne e nele se reconheceu homem"). Ao adotar essa perspectiva, de humanização de Cristo, distante da representação tradicional do Evangelho e evidenciando o seu caráter frágil e vulnerável, Saramago coloca que a propagada história da crucificação de Jesus, "um revulsivo forte, qualquer coisa capaz de chocar as sensibilidades e arrebatar os sentimentos",resultou na imposição de "uma história interminável de ferro e de sangue, de fogo e de cinzas, um mar infinito de sofrimento e de lágrimas",de acordo com a sua visão de mundo, segundo a qual “por causa e em nome de Deus é que se tem permitido e justificado tudo, principalmente o mais horrendo e cruel",e que, "no fundo, o problema não é um Deus que não existe, mas a religião que o proclama. Denuncio as religiões, todas as religiões, por nocivas à Humanidade. São palavras duras, mas há que dizê-las".Isso levou a que o livro fosse considerado ofensiva por diversos setores da comunidade católica, a que ele sofresse perseguição religiosa em seu próprio país,e a que o governo português, pressionado pela Igreja Católicae por meio do então Subsecretário de Estado adjunto da Cultura de Portugal, Sousa Lara, vetasse-o de uma lista de romances portugueses candidatos a um prémio literário europeu por "atentar contra a moral cristã".
Em reacção a este acto, que considerou censório, Saramago abandonou Portugal, passando a residir na ilha de Lanzarote, Ilhas Canárias, onde permaneceu até a sua morte

21 comentários:

Alessandra disse...

Jesus foi o espírito mais evoluído que encarnou na terra.Acho que Maria de Magdala era sua legítima esposa.Penso que não houve real necessidade para o exílio de Saramago isso foi impositivo e injusto.Todos temos liberdade de expressão na medida que não ultrapassarmos os sentimentos dos outros com a nossa crueldade, maldade e demais sentimentos menos nobres.

Hugo disse...

Esta obra nos motra que jesus nao é o Deus pai de todos nós como algumas religioes assim o dizem e sim mais um dos filhos de Deus nessa terra.Ainda coloca jesus de forma mais humanizada de forma que a igreja católica persiga o autor desta obra diga-se de passagem muito interessante,ja que o conteúdo vai de encontro aos principios do catolicismo.

Maria do Carmo disse...

Eu não conheço esta obra, porem diante do exposto vindo de uma pessoa de credibilidade,TENHO CERTEZA JESUS É UM IRMÃO MUITO QUERIDO E ELE MESMO DISSE NÃO VIM CONTRARIAS AS LEIS... portanto Ele veio nos mostrar que a vida é bela que o amor existe e amou como nem um de nos pode até agora experimentar, podemos ter ensaios de amor vamos chegar lá um dia...Quem não gostaria de estar nos seus braços nem que fosse só por um minuto?...Eu o amo Muito como Irmão e Mestre de Amor!!

Beto disse...

Cada um crê no que quer. Sempre reflito acerca das possibilidades positivas e negativas da existência histórica ou mitológica de Jesus Cristo e como isto influencia o modo como vivemos e nos expressamos neste planeta: por vezes sinto um vazio tenebroso; o ser humano pode ser pérfido ou iluminado, depende das circunstâncias. Quanto a existência de Deus nos moldes humanos... não creio que exista. Algum dia a verdade virá à tona. Como sei da existência os espíritos e da comunicabilidade com eles, penso que Deus deve se encontrar em um patamar tão mais elevado que não podemos sentí-lo efetivamente, assim como a maioria de nós não sente a presença dos espíritos que nos rodeiam. E este Deus não possui uma persona humana. Um dia os espíritos terão que nos esclarecer acerca desses fatos; não podemos ficar tanto tempo alheios, tateando na escuridão tenebrosa da ignorância. Aliás, esta que é mantida pelas religiões como forma de controle de massas, criando um círculo vicioso e sem fim. Não creio nas religiões, mas que elas existem, existem...

lidia disse...

Eu me lembro qu vi um filme A última tentação de Cristo, por sinal bem interesante e a Igreja Católica fez um grande alarde e acredito que poucos assistiram ao filme. Li tb um livro muito bom A vida de Jesus ditada por ele mesmo, tb acho que poucos leram esse livro, o que acho é que a Igreja Católica tem receio, nao de perder os seus fiés, mas sim de perder o grande poder de persuassão sobre eles pois acredito que Jesus nasceu da mesma forma como nascemos e que ele era tão humano como nós só que se difernciava de todos pelo seu imenso amor, o amor incondicional por tudo e por todos.

PAZ INTERIOR É A PAZ DE JESUS disse...

HELDER

PAZ INTERIOR É A PAZ DE JESUS disse...

SE EU FOR PARA ESPANHA IREI COM HELDER DEPOIS QUE EU FICAR VIUVA E HELDER TAMBÉM ESTIVER DESEMPEDIDO

lide.silva disse...

Religiões.. religiões... quando o homem realmente descobrir o que é o amor, não se falará mais em religiões...

ires disse...

-CARTA(De Públio Lêntulo,governador da Júdeia, no reinado de Tibério,ao Senado Romano)
¨Apareceu nos nossos dias um homem de grande virtude,chamado Jesus Cristo,o qual ainda vive entre nós.
Os gentios o tem recebido como profeta de verdade:mas os seus dicípulos o chamam o filho de Deus.
Ressucita os mortos e cura todo genero de enfermidades.
Sua estatura é mais que mediana :seu porte é ,circunspecto:sua presença veneravel:de modo que quantos os vê o amam e o temem:Seu cabelo é castanho,basto e liso até as orelhas,delas para baixo é de cor mais loura e anelada,caindo lhe em ondas sobre os ombros e no meio da testa se divide á maneira dos nazarenos.tem a testa lisa e fina,em seu rosto não mancha nem sinal,nem ruga alguma,aformoseando -o uma bela corrosada,no nariz e na boca não s epode encontrar defeito
algum;sua barba é um pouco espessa ,e da cor do cabelo,mas não é compridae tem a forma d eum garfo;sua fisionomia respira inocencia e sabedoria;e seus olhos são pardos claros e vivos.
Quando condena,é terrivel;quando repreende ou admoesta, é cortês e moderado nas expressões.Em sua conversação é agradável e cheio de gravidade.Ninguém nuna o viu jamais rir;porém muitos o têm visto chorar
As proporções do seu corpo são excelentes;suas mãos e seus braços são os mais perfeitos que se podem ver.Em seu falar é muito parco,modesto e sensato .Homem de singular beleza ,que excede a tosos os homens.¨


Emmanuel.jpg
5K Visualizar Baixar

ires disse...

QUERIDOS ,HÁ EXECELENTES LEITURAS ESPIRITAS,QUE SÃO RELATOS DE IRMÃOS QUE CONVIVERAM COM JESUS,E EM NENHUM DELES HÁ REFERENCIAS DE MADALENA COMO SUA ESPOSA.POR EXEMPLO EMMANUEL,MENTOR DE CHICO,FORA EM ENCARNAÇÃO PASSADA O PROPRIO PUBLIO LENTULO,nos livros:PAULO E ESTEVÃO,AVE CRISTO,HÁ DOIS MIL ANOS,50 ANOS DEPOIS,MARIA DE NAZARÉ...CASO ALGUM IRMÃO TENHA LIDO ALGO, ACEITO DICAS.LEIO EMMNUEL DESDE MEUS TREZE ANOS.HÁ APENAS UM COMENTARIO EM ¨MARIA DE NAZARE ¨QUE JESUS AO SE DIRIGIR Á MADALENA MODOFICAVA SEU TOM DE VOZ,E MAIS NADA.SEGUE CARTA DE PUBLIO.CASO DISCORDEM ME ORIENTEM.BJS

ires disse...

OUTRS DICA DE LIVRO SERIA ¨MULHERES DO EVANGELHO¨QUE RELATA AS ENCARNAÇOES DE MADALENA:COMO MADRE TERESA,TERESA DE CUSA E OUTRAS.BJS

ires disse...

VCS JA PERCEBERAM COMO O ESPIRITISMO INCOMODA ALGUNS CATÓLICOS?ACHO QUE MAIS DO QUE OS EVANGELICOS.É COMO SE ELES TIVESSEM CHEGADO A CONCLUSÕES...PARA OS EVANGELICOS O ESPIRITISMO É DO SA....E ACABOU.MAS OS CATÓLICOS NÃO, TEM ATÉ ALGUNS QUE JÁ SE DIZEM ¨CATOLICOS ESPIRITAS¨ BJS

Jaciara Santos disse...

Olá, Medrado, parabéns pela conquista do título de mestre. A coordenadora do mestrado, Dra. Mônica Aguiar, publicou uma linda homenagem pra vc, no blog À QUeima Roupa, so o título "Medrado, o mestre de todos nós". Caso queira dar uma olhada, segue o link http://aqueimaroupa.com.br/?p=21094

Alessandra disse...

Fiz apenas o curso basico se espiritismo ,li alguns livros sobre doutrina sendo que o primeiro foi nosso lar quando tinha em torno de 6 anos de idade .Nao sei explicar mais penso que madalena era sim esposa de Jesus e este era um homem comum .

Alessandra disse...

Penso que o futuro e o ecumenismo( Brasil patria do evangelho!!!)Somos todos centelhas divinas criadas mesmo mesmo pai!

Alessandra disse...

Eu sou amo a doutrina espirita antes de reencarnar mais penso que todas as religioes merecem nosso respeito,vivemos numa democracia nao existe religiao oficial no Brasil!nao devemos impor nada a ninguem apenas podemos sugerir e cada ser humano e unico e tem o legitimo direito de escolher qualquer religiao inclusive nenhuma

RNDTVN disse...

Alessandra ,voçe tem razão quando disse que Jesus é o Espirito mais evoluido que encarnou na terra e como Espirito evoluido ele alcançou de forma sublime suas sensações de amor que não precisava mais expressar suas manifestações de afeto através de um casamento carnal com Maria de Magdala ou quem quer que fosse.Os Espiritos quando alcançam uma evolução plena não precisa mais de manifestações restritas de um amor carnal transitório,amam plemente a todos ,mais este amor sublimado é uma especie de amor que na nossa atual evolução ainda não conseguimos compreender ,e por não compreendermos e nem termos referências da superioridade desta forma de amar preferimos interpretar de acordo com nosso ponto de vista limitado certas virtudes que não conhecemos como sendo meras paixões humanas.Jesus foi o criador da Terra por ordem direta de Deus e sendo um espirito alatamente evoluido de acordo com a natureza de sua missão não havia a necessidade de um casamento.A questão é que nois na nossa imcompreenssão de entender o amor sublimado dos espiritos evoluidos,preferimos comparalos de forma imperfeita o senteimento que utirimos pelos nossos pares.Jesus tomou uma forma humana terrena reduzindo seu padrão vibratório de mundos em mundos até descer ao nosso padrão vibratório ,encarnado pela primeira vez na terra através do utero de Maria sua mãe,mas não perdeu suas virtudes espirituais porque como sabemos o espirito não regride sempre evolui.LEIA O LIVRO DOS ESPIRITOS lIVRO 2 CAPITULO 4.
Também no livro de André Luiz André Luiz:
Evolução em dois Mundos no capítulo XVIII .Veja estas fontes que voçê vai entender a sublimação do amor

Sexo, Amor e Espiritismo
Sérgio Biagi Gregório

FONTES DE CONSULTA

XAVIER, F. C. e VIEIRA, W. Evolução em Dois Mundos, pelo Espírito André Luiz, 4. ed., Rio de Janeiro, FEB, 1977.
KARDEC, A. O Livro dos Espíritos. 8. ed., São Paulo, FEESP, 1995.
CURTI, R. Espiritismo e Reforma Íntima. 3. ed., São Paulo, FEESP, 1981.



São Paulo, julho de 2000

Alessandra disse...

Sim, porém acho que Jesus viveu entre nós como homem comum e tinha um corpo físico e fisiologicamente sentia como nós sentimos.Penso que ele tinha o lívre arbítrio como todos os espíritos da mesma estirpe ou inferiores como nós,isso não significa que ele não possa ter também vivenciado o amor carnal.Isso de maneira nenhuma denigre a sua imagem.Ao meu ver se Maria madalena poderia ser quem sabe sua alma afim o amor também carnal deles seria sublimação.Acho que esse assunto é muito polêmico e que talvez a maioria dos espíritas não concordariam comigo.Mas quem sou eu para opinar,apenas sinto que Jesus foi um homem que amou muito incondicionalmente!!!!

Crishane disse...

Sim Medradro, eu li o livro de Saramago já quando estava aqui em Lisboa, onde vivo. Gostei do livro pela criatividade do autor, pela forma inusitada e criativa como ele escreve. E não me sentir ofendida sendo cristã, pela forma como ele retratou parte a vida de cristo em algumas passagens. Colocou histórias de culpa de alguns personagens como poderia muito ter ocorrido realmente, e uma vida mais carnal que não acho incompatível com a doutrina que Cristo pregou na época, afinal, ele era homem e estava vivendo entre os seres humanos. Mas, sobretudo foi uma liberdade de expressão de Saramago que não abala em nada minha fé e nem acho que Saramago procurava isso. Mais mal faz a humanidade quem diz pregar o amor ao cristo, cobrando para isso das pessoas mais simples e ignorantes. Um ótimo livro.

Claudio disse...

Lendo o Livro NossoLar, certa vez vi um cometário da personagem Dona Laura, a mãe de Lísias, explicando a André sobre as bibliotecas da colônia. Ela dizia que lá não tinham espaço para os autores cuja proposta não fosse a de contribuir com o trabalho de Jesus. As obras de cunho pessimista, que traziam em sua essência o princípio de confusão e desagregação do pensamento cristão sequer eram permitidas lá. E a Governadoria administra muito bem até hoje aquela cidade espiritual.

Marcia disse...

Como disse Chico Xavier quando entrevistado na TV, inspirado por seu mentor: " Se temos os 5 sentidos para melhorarmos como entes humanos e o nosso mundo, o que não dizer do sexo? Temos que rever nossos conceitos sobre como as relações sexuais são entendidas.!" (solicito que me desculpem pela pouca exatidão nas palavras citadas por Chico - minha intensão é citar o comentário dele que está no filme sobre sobre sua vida e inclusive com a imagem do próprio Chico Xavier falando sobre isso).
Jesus foi um homem normal além de iluminado.
Qual o problema ter se ralacionado e amado uma mulher? Não entendo onde está a heresia!
Quem diz que ama tanto o Cristo, será que já parou para pensar, que se ele teve filhos e descendentes, fruto deste amor humano, estes foram impedidos de dizer que eram seus filhos e o representarem como legítimos herdeiros? *e olha que naquela epoca, não se falava nada de !direitos autorais!.
Mas ao que parece, houveram alguns, que detinham o poder na epoca, que previram o quanto poderia valer uma marca.
É uma coisa a se colocar como uma experiência hipotética na vida de cada um, na tentativa de entender o que estou dizendo sobre os possíveis ou possível filho de Jesus.
E "Em nome de Deus" quem fez as atrocidades não foi Deus ou Jesus e sim os que usaram o nome de Dele como escudo e desculpas para praticar "n" maldades, perceguições e assassinatos e confiscos e opreções.
Precisamos exorcizar a "humanidade permissiva e tirana" do que é sagrado.
O mais dificil é perceber que após 2.000 anos de oportunidade de evolução que Deus deu a humanidade, ainda vejamos casos como este quanto à obra e opinião de José Saramago.
Parabéns Medrado por seus posicionamentos e maneiras de mostrar outras faces de tudo.