segunda-feira, 4 de maio de 2009

AINDA SOBRE O APODRECIMENTO DOS VALORES

Amigos, eu penso que não se pode colocar de uma forma geral que tudo está se degradando. Não. Não temos como ignorar que as pessoas, de um modo geral, estão mais egoístas, mais mal-educadas, sem limites e se permitindo o que acham certo. Todavia, quando olhamos o cenário de homens e mulheres que trabalham pelo beneficiamento geral da raça humana, quanta coisa boa está acontecendo, quantos voluntários trabalhando pelo próximo. As pesquisas médicas e os seus avanços, inclusive no campo da criação de órgãos artificiais na substituição dos naturais danificados, o trabalho de conscientização para o meio-ambiente. São seres humanos também que estão nessas áreas de atuação. Você também está no mundo, então, você se acha degradado? Espero que não, logo, nem todos estão perdidos: você não está, eu não estou, ...não está, ...não está.....

6 comentários:

Renata e Bernardo disse...

A micro-celula, única responsável e com poder para modificação, é a família. É com ela e nela que iniciamos nossos aprendizado, onde os pais podam as más tendências e encaminham para a boa conduta moral. Depois da família conhecemos, aos poucos, outros universos e nos relacionamos com eles, levando a bagagem do que recebemos na micro-celula: temos os vizinhos, aí conhecemos o universo da escola, comunidade, cidade, estado, mundo, planeta... No Livro Os Caminhos do Amor de Dalva Silva Souza assim fala: " A família já se modificou muito desde a fase da sociedade predominantemente agrícola até os dias de hoje. Estamos assistindo a uma nova transformação. Toda mudança sempre acarreta um momento de desorganização e talvez daí tenha surgido a idéia de que a família está desmoronando, desustruturando-se, extinguindo-se". Usando as afirmações colhidas e vendo a relação entre pessoas um reflexo daquilo que aprendemos em nosso lar primeiro, acredito, sim, que esse caos precede uma nova sociedade, uma nova família, uma nova forma de relação interpessoal.

Railma disse...

Grande Medrado! Nem tudo está perdido e nem todos estão no caminho da degradação. Ainda que alguns estejam na contra mão , tem muita gente fazendo o bem e trabalhando para que tenhamos uma sociedade mais justa, digna e solidária. Tem gente dando bons exemplos diariamente e lutando contra os abusos cometidos por gente mal intencionada.Uma dessas pessoas é você. Acredito no seu trabalho, sério,honrado e muito humano. Degradante é o governo, são atitudes que em nada contribuem para a concretização dos ideais coletivos. É não ser solidário e não reconhecer e respeitar as diferenças.Sou uma inconformada com o estado de contemplação da sociedade que não se manifesta, fica inerte,permissiva com a omissão e o descaso com que os políticos tratam o povo.Se,ser radical é ser moral, ético, então eu sou.Totalmente.E a luta continua. Quanto a gargalhada amarela do ministro Gilma Mendes, o bate bôca; não me assusta.Um desrespeito perante o público e entre eles. É próprio daquele grupo que não nos dá segurança e não nos transmite ou passa os valores de Ruy Barbosa.Os péssimos exemplos de gente que deveria fazer valer a moral, os verdadeiros valores humanos; mostrando na tv quem são eles,como se comportam efetivamente; só nos mostram que a Suprema Corte também fracassou nos seus valores e na sua conduta. Não me sinto surpreendida pela justiça brasileira a anos. É claro que tem gente ímpar na magistratura, porém se conta nos dedos. O juís De Sanctis é um competente e sério magistrado. E outros na Bahia.Abraços, Railma Bamberg.

Breno disse...

Pessoal, fiz uma crônica muito bonita falando justamente sobre isso...
''Os opostos não se antraem, são os semelhantes que se repelem, se destroem... Os opostos se atraem, pois um completa o outro e vice-e-versa, por causa dos ''semelhantes'' (que como são semelhantes querem ocupar o mesmo lugar) o mundo esta assim, se degradando a cada dia que passa, a cada minuto que anda e a cada sorriso que é dado''
(Breno Cunha)

M. Nilcéia Juncklaus Preis disse...

Não estou, não estou, não estou me degradando!!!
Tu também não...COM CERTEZA, querido Medrado!!
E a raça humana, também NÃO!
Afinal acreditamos ou não em nossa doutrina? Estamos aqui para evoluir!!!
Jamais retrocedemos no nosso caminhar!!
Este é um mundo de expiação, certo?
Os espíritos aqui encarnados estão em diferentes estágios de evolução (dentro do grau de espíritos imperfeitos)!!!
Então somos capazes de perceber que alguns estão degrauzinhos acima e outros degrauzinhos abaixo, mas todos, para chegarmos ao topo dessa escada precisamos colocar prá fora nossas imperfeições, corrigi-las.
As imperfeições de muitos se manifestam mais abertamente pois há muitos necessitando (e como!!) subir um degrauzinho, porém os degrauzinhos ocupados por aqueles que trabalham pelo beneficiamento geral da raça humana (SIC) está muito mais firme, mais transparente, mais seguro.

Beijo carinhoso!

Reginaldo Abreu disse...

Jose Medrado,
Muita luz para todos, estamos em um mundo globalizado onde piscamos aqui e somos vistos pelos Chineses lá.
Podemos ter a impressão que existe um apodrecimento de valores, porque vibramos nisto, se vibrarmos nos engrandecimento dos valores os enxergaremos.
" Pois nem tudo esta perdido, quando existe um caminho”.
Vamos ver escutar, sentir este apodrecimento, porem agradecendo a oportunidade para podermos praticar a Caridade.
Sou da turma dos realista-otimistas, vamos para frente que atrás há gente.
Seguimos nos esforços para seguir o Caminho e seremos mais felizes
“ ““Eu sou o caminho a verdade e a vida, ninguém vai ao pai senão por mim”““.
Abraços a todos

Vivi disse...

Boa Noite pessoal! Bom, acho que hoje existe uma inversão de valores muito grande. O que tenho percebido é que a medida que os anos vão passando,algumas pessoas deixam que seus valores cada vez mais distante de sí, e a falta deles torna-se cada vez mais normal! Eu particularmente acredito que nem tudo está perdido. E penso sempre da forma que se quero mudar o mundo (ou continuar com os valores que acredito), devo começar por mim.

Eu tenho em mente, que hoje em dia, é muito dificil, conseguir ser um peixe, (que consegue ser doce por dentro), num mar salgado. E hoje em dia é isso que acontece.

Abraços!

OBS.: Caí sem querer nesta página, achei bastante interessante. é espirita?

Abraços!