sexta-feira, 17 de abril de 2009

TATUAGEM FAZ MAL?????!!!!!!!!

A pedido de Breno, estou trazendo esta discussão para nós. Será que realmente a pessoa que se tatua vai para o tal "vale do tatuado" que alguns têm dito? Vejo isso tudo como uma grande besteira. Ainda é o sinal do preconceito que existia contra os tatuados, que eram tidos como marginais. É na mente humana que se encontram, em registro no perispírito, o seu manancial de conquistas, que fará o indivíduo se sentir no céu ou no inferno de consciência, não uma tatuagem, ou pircing... O povo não tem o que pensar e fica inventando histórias. É o que eu penso, mas quais são as dúvidas de vocês???

47 comentários:

Breno disse...

Pessoal, pensem comigo...

Qual o beneficio que a tatuagem traz?
É pura e total vaidade fazer uma tatuagem...tudo bem, tem tribos onde seus povos se tatuam em todo o corpo, MAS isso é um ritual...
A mesma coisa é colocar um brinco na orelha, é um ''RITUAL'' de nós habitantes da terra...

Pessoal, sincera e honestamente, vaidade não é um requisito das pessoas humildes...[

PAREM E PENSEM COMIGO...AS PESSOAS EVOLUIDAS TEM TATUAGEM? POR QUE A MAIORIA DOS PRESOS E TRAFICANTES USAM TATUAGENS?

POXA, é apenas uma questão de RACIOCINIO

elizangela disse...

As vezes me pergunto,por que a humanidade é como é, e se não merecemos coisas melhores.Mas diante de comentários como este, eu me convenço de que a humanidade tem o que merece.Quanto preconceito!Quanta intolerância!
Ah,se tudo fosse uma tatuagem!!!
Se o problema é raciocinio,então vamos lá:
Não tenho tatuagem,logo sou evoluida.
Me ajude
Te adoro,Medrado

M. Nilcéia Juncklaus Preis disse...

Bom dia querido amigo!
Bom dia amigo Breno!

Breno, tenho que concordar com Medrado.
O importante é compreender o homem de forma integral, universal.
A tatuagem não faz ninguém melhor ou pior. As reações que expressamos no corpo são conseqüências de nossos pensamentos e, estes, resultado das crenças, experiências e visão de mundo.
A Doutrina dos Espíritos não proíbe, esclarece.
Não condena, conscientiza. Não se coloca ‘em cima do muro’, mas mostra como construir e trilhar o melhor caminho.
Tatuagem por si só não faz o homem melhor ou pior. Podemos perguntar o que está por trás dessa tatuagem? Quais sãos os sentimentos, os anseios, as crenças daquele que cobre seu corpo com algum símbolo?
É importante que nós consigamos (no nosso tempo, dentro de nosso grau de evolução espiritual) analisar a alma para descobrir o porquê do estado do corpo.
Quando conseguirmos compreender a alma (o profundo) entenderemos claramente o superficial (a tatuagem, por exemplo).
Quando chegarmos neste estágio, teremos consciência que valorizar o corpo e a alma é ensinamento que todos os homens compreenderão e, então, já não discutiremos assuntos superficiais, mas assuntos da alma, deixando do lado o embrulho para valorizar o conteúdo.
Breno, será que existe um “vale dos plastificados” pra quem já fez cirurgia plástica? (to brincando amigo).
Beijo pra vocês!

Nil

Rita Nascimento disse...

Medrado,
Em resposta ao seu questionamento e ao comentário do Breno, expresso a minha opinião... Você deve lembrar que a mais ou menos duas terça-feira atrás te mandei uma pergunta justamente sobre a “visão” do espiritismo em relação à tatuagem... lembra?
Você respondeu e esclareceu a minha duvida.
Confesso que tinha certa restrição à tatuagem, mas não preconceito. Apenas nunca tive o desejo de me tatuar...
Abraços,

FILOSOFIA E TECNOLOGIA disse...

Se pensarmos que a tatuagem é feita apenas no corpo e não no espírito, então não faz mal nenhum. O que faz mal é prejudicar o ser e ai se inclui o corpo e o espírito. É uma questão de raciocínio. A tatuagem faz mal a alguém? Não. Nem ao tatuado e nem a ninguém. É como colocar uma roupa que pode agradar a uns e não a outros mas que é uma questão de foro intimo. Causa sentimento de culpa? Não. Então é uma questão pessoal.(E eu detesto tatuagem.) Já o piercing pode causar prejuizo ao corpo. Então não é lícito ao meu ver, porque o nosso corpo é o templo do espírito santo como dizem os evangélicos, e os espíritos luminosos não gostam de um corpo sujo (Vamos dizer assim).
Já se o indivíduo se veste escandalosamente, e se porta deforma a agredir a sociedade, estão está agredindo, e quem agride toma de uma arma, que é ele próprio. Encomoda, agride, e como disse o mestre Jesus, Quem toma da espada, perece pela espada. Gerasentimento de culpa, então não é lícito. ABRAÇO

Julice Vieira disse...

Não tenho nada contra tatuagens, inclusive já fiz algumas(de Henna), mas meu filhote tem apenas 15 aninhos e me pede muito para fazer tatuagem. Ele é orfão de pai e eu não autorizo, acho que ele é muito novo para decidir sobre colocar algo em seu corpo que será para sempre. Prefiro que ele cresça um pouco mais para decidir. Ele leu a postagem de Medrado e agora está usando isso contra mim: "Está vendo, minha mãe, você é preconceituosa".
Medrado, ele está usando de minha admiração por você para conseguir o que quer. Essa geração não é fácil. O que ele não sabe é que sou uma mãe jovem mas não sou otária!
Breno, será que vou dar uma passadinha rápida pelo Vale? (brincadeirinha...)
Beijos para Medrado, para Breno e para meu filhote.

AnaMiranda disse...

Vejo com relativa tranquilidade o tema. É importante ter consciência do que se está fazendo com o próprio corpo, sobretudo com algo que a princípio é definitivo. Não acho legal a pessoa fazer só porque é moda ou porque alguém o fez. Em geral os tatuados de personalidade firme se tatuam para ter no desenho uma lembrança ou fazer uma homenagem. Uma tatuagem com história não deixa de ser algo interessante e bonito. Os piercings, dependendo do local em que são colocados trazem sérios riscos à saúde o que me parece coisa de gente inconsequente. Ah, em relação à tatuagem também há que se ter cuidado já que agulhas infectadas podem ser porta de entrada para doenças, o que justifica a preocupação que alguém colocou aqui. Eu não tenho tatuagem mas respeito muito quem usa. Forte abraço a todos!

Judite disse...

Bom diaaaa AMIGOOOOO!!!
Particularmente nao gosto de tatuagem nem pircing,mas NADA contra a quem se decide MARCAR.
Única preocupação deve ser com a saúde(infecção),o cuidado com o exagero(q fica feio)e o bom senso para não se arrepender mais tarde.
Conheci um rapaz que perdeu a oportunidade de emprego(concurso) por ser tatuado, tentou remover e quase morreu de infecção.
Agora quanto ao "vale dos tatuados" tudo bobagem...o que conta mesmo são as coisas boas que se tatua no coração!!!
Abraço FORRRRRRRRRTE

Oiii Nilcéia... NA DOUTRINÁRIA ONTEM....maravilha, né???

Luis Rocha disse...

Breno,

Será que temos o direito de julgar tão cruelmente quem expressa a sua liberdade de forma individual sem que ela traga transtornos aos outros? Não será muito cruel associar o uso de tatuagem a marginalidade?

A poucos dias você comentou aqui: Gente, isso é o cúmulo do preconceito racial,(racismo)...

Não esperava que você, Medrado, fosse capaz de postar isso no seu blog, mas, enfim, não vou nem comentar sobre o texto tal, não acredito que esse texto tenha sido tirado de um livro espírita...

Também, Breno, não esperava isso de você! Afinal de contas... racismo e preconceito não são tão diferentes.

È uma questão de “raciocínio”!

Abraços!

Medrado, obrigado mais uma vez pelo espaço.

Mensageiros da Luz disse...

Ola Medrado!
A Doutrina Espírita diz "fora da caridade não há salvação". Isso significa que devo pagar um dízimo?
devo ser generoso nas esmolas? Não! Ser caridoso significa o contrário de ser egocêntrico. E a tatuagem com isso? Uma pessoa toda tatuada está preocupada com o próximo? Se estiver, parabens! Agora se a tatuagem significa: Eu não pertenso a tua tribo. Isso mostra um desajuste um não aceitar o teu próximo, mas isso não é também tão grave, mostra apenas um desajuste a ser trabalhado, só isso.
Abraço,
Mensageirobarana

Jamilejsantos disse...

Acho que tatuagem faz mal quando as pessoas querem acreditar que "tatuagem faz mal", Isso é besteira! E discordo desse "Breno" pois as pessoas que mais tem tatuagem são as que tem dinheiro pra gastar, em vez de procurarem fazer uma caridade fica aí gastando com besteira,Esse povo parece que come côcô seco...rsrsrs...só o que me faltava!!!

Beijos Medrado

Julice Vieira disse...

Medrado, que tal sabermos um pouco sobre o que as pessoas pensam a respeito das atitudes da FEEB com relação a algumas Instituições Espíritas? Acho que nós também devemos começar a nos mobilizar, afinal de contas, somos frequentadores dessas instituições e como tais, não nos sentimos representados, será que eles não percebem que isso só faz com que as pessoas se afastem cada vez mais do "Movimento"? Te amo.

Breno disse...

Ola mais uma vez pessoal, vejam bem...
Quem ver espíritos desencarnados vai saber responder mais do que ninguem essa pergunta...

Os espíritos conservam a imagem do seu corpo passado mais recente, tanto que para encarnarem neste planeta, eles tem que ficar na atmosfera da terra por algum tempo para que adquiram as nossas formas...

Vamos supor que um espírito tenha se tatuado todo na sua encarnação passada, ele vai preservar essas tatuagens? Ou o seu corpo espiritual ja não terão essas tatuagens?

Ora pessoal, eu por pura experiencia digo-lhes que a imagem das tatuagens permaneçem sim, então a tatuagem passa para o perispísto...

E ainda vou dizer mais, a depender da tatuagem, na encarnação futura essas pessoas terão sequelas deixadas pelas mesmas tatuagens...

Abraço a todos...Especialmente a Nil

Cristinelua disse...

A tatuagem é uma expressão artística,em vez de tela usa-se o corpo. Corpo esse q é um lar temporário p/ nossa existencia aqui na terra. Ha diversas formas de artes corporais(tatuagens) e como alguem comentou acima,ha aquela q é uma bandeira de protesto,a pessoa tatua uma mensagem q quer disseminar sem precisar pregar. está escrito nas costas: Salve o planeta, proteja o verde,eu amo a vida ou seja la o que for...devemos ter o respeito acima de tudo e desapego a questoes preconceituosas e julgatorias. O único mal que a tatugagem pode fazer é transmitir Aids caso a seringa nao seja descartavel.

jorge disse...

Não são os sinais exterirores que podem significar a alma. Minha filha, espírita atuante, coerente, palestrante, têm um tatuagem linda de um borbolheta em local discreto. Ela escolheu esse símbolo que representam pessoas que ainda vivem se arrastando em preocnceitos e que se reformulam e alçam voos em direção à sua própria liberdade de pensar.
Existem pessoas que nãu usam tatuagens no corpo, mas, repletas de sinais grosseiros na alma.

ritaluciapassos disse...

Medrado,
Não gostava de tatuagem, nada contra,apenas preconceito que mim foi passado ao longo de minha vida.Até minha filha caçula completar 18 anos,a filha mais velha em seguida e assim o filho do meio.Adivinhe, qual foi o seguinte? A MÃE...aos 45 nos de idade.Hoje já tenho três tatuagens pequenas e elegantes.
O que você acha Medrado? bjus

Breno disse...

Há tatuagens e tatuagens né pessoal...
Quando me referir a presos e traficantes, não foram essas tatuagens de borboletinhas, foram outros tipos de tatuagens...

:(

Manuella disse...

Vi em um livro de Luis Sérgio, que quem se tatua deixa cicatriz no seu perispírito. Olivro fala também d o vale dos tatuados. Se for verdade não sei o que será de mim, pois tenho uma e pretendo fazer outra.
Um bj

mc disse...

Ainda tenho uma certa restrição, pois na minha Familia, meus pais são extremamentes católicos. Tem uma passagem na Bíblia, em que fala de marca o corpo...enfim, sempre tive vontade mas não coragem!!
um beijo

Simone Flôres disse...

Partindo do princípio que o corpo é um presente de Deus para nós, temos por dever de cuidar bem desse presente, pois ele será a habitação do nosso espírito nesta encarnação. Considerando que somos espíritos em evolução e que a vaidade é uma característica humana, como outros sentimentos menos nobres; a grande responsabilidade que temos é saber como usar tais sentimentos em favor do nosso bem estar e dos nossos irmãos. Cuidar do presente divino (nosso corpo), significa, tb, cuidar da aparência. É dado a cada um o direito de escolher quais instrumentos vai usar para dar vazão à vaidade. O uso de brincos, piercings, tatuagens não são suficientes para julgar o nível de evolução de uma pessoa, mas sim, as suas obras, seu comportamento, seus valores.

Luzceano disse...

Se voce tatuar algo ruim com certeza vai fazer mal porque as imagens tem força positiva ou negativa.
Isso que eu estou falando ja foi comprovado por Masaru Emoto ( mensagem da agua) cientista que congelou a agua e dependendo do ambiente, musica, palavras...
os cristais tinham uma forma completamente diferente. A agua que estava relacionada com coisas boas tinha um cristal bonito e a agua que estava relacionada com coisas ruins tinha um cristal deformado.
Entao se voce tatuar o demonio em voce com certeza isso vai te fazer mal
Oi Medrado acho importante a concientizar as de que tatuar coisas ruins faz mal da uma pesquisada na internet sobre A mensagem da água Masaru Emoto e voce vai ver que uma tatoo pode fazer mal.
Abraços Medrado adimiro o seu trabalho

divina disse...

Tatuagem não faz mal,o que faz mal é fome!!!

Havaianas disse...

Breno,

NA MORAL... você é um fanático espiritual! Tatuagem não muda caráter e conduta de ninguém... note que você está julgando pela aparência!

Se plante!

Renato disse...

Para todos nós, que tal antes de qualquer resolução ou ação a ser tomada, não obtermos antes, pelo menos um momento de reflexão.
Partindo da primissa que os pigmentos usados numa tatuagem, são interpretados por nossas células de defesa, como agentes invasores, e que estas células de defesa não conseguirao eliminá-los,o que resultará?
-Do taxiamento leucocitário em mas
sa,ocorrerá em primeira instância uma inflamação.
-Na tentativa de eliminar o agente agressor, muitas células de defesa morrerão, o que implica uma infecção objetiva ou subjetiva.
-Há sobrecarga da medula óssea em produzir mais células de defesa.Há mortes de muitas células de defesa e há morte de células estruturais.
-Sempre haverá perda e desarmonia, e isso conta muito no mecanismo das ações e das reações no nosso corpo e em relação a lei natural.
-Uma vez ouvi que o verdadeiro sábio, é aquele que aprende a trocar a verdade que tem, por outra melhor do que a que tem, mas para isso precisa de parâmetros.
-O maior sábio que a humanidade já teve nos falou claramente; "conheceis a verdade e a verdade vos liberta". Em primeiro passo, da nossa ignorância...
-Cientes disto, que nos é básico e lógico, para que nos expor?
-Em danificando e alterando o corpo denso, na morfologia e na fisiologia, obviamente que impressionaremos o corpo perispiritual que é matriz daquele.
-Possivelmente ainda nesta vestimenta e muito provavelmente numa outra vestimenta carnal, em alguma época, externaremos quem sabe uma leucocitose neutrófila, um albinbismo, um vitiligo,ou nos primórdios de um renascimento a leucomielotoxicose ou aleucia.
-O arbítrio é inerente a cada ser.Mas que lembremo-nos sempre: inumeráveis nos são os mestres do caminho.E para toda missiva enviada, há sempre uma resposta de volta e que jamais erra seu dono.
-Muita Luz e Muita Paz.
Dr. Renato Gomes - corujart@ig.com.br

Mia disse...

Olá a todos! Estou atrás de esclarecimentos sobre esse assunto. O que soube, através do livro Ação e Reação, é que cada célula é uma semente de vida e portanto não deve ser lesionada. Minha dúvida é, justamente por sermos responsáveis por nossas células, qual o real efeito da tatuagem no que levaremos (e traremos na próxima vez). Uma amiga teve uma infecção por estafilococos no seio, na região do colo, e que deixou uma cicatriz muito feia, completamente à mostra. A aparência da cicatriz a envergonha muito e eu mesma sugeri que ela fizesse uma tatuagem ali, para encobrir, mas depois fiquei preocupada com essa situação. Eu realmente acredito na nossa responsabilidade com nosso corpo, nossas atitudes, nosso modo de agir na vida e não gostaria de vê-la arcar com algum erro que eu a tenha induzido. Alguém pode me esclarecer um pouco? Em tempo, sei que é um assunto controverso, de opiniões diferentes. Muito obrigada!
Abraços a todos!
Mia

miateixeira disse...

Olá!
Minha pergunta atrasou a ser postada, por estar o autor do blog adoentado, mas me sinto bastante respondida pelo Renato, que teve o seu post publicado antes do meu. Obrigada pelos esclarecimentos, concordo plenamente com o que ele explicou.
Abraços a todos.
Mia

Guilherme disse...

Salve, irmãos!
Ocorre que toda impressão (sentido literal e figurado)dirigida ao nosso corpo é transmitida, de uma forma ou outra, ao perispírito.É da lei, não uma questão de preconceito. Deus nos concedeu um corpo e que temos obrigação de devolê-lo, ao final da jornada, nas melhores condições possíveis.
Que Deus nos abençoe e nos prepare para os tempos difíceis do porvir iminente.

jorge disse...

É lamaentável, ler os espíritas fantasiosos quanto a tatuagem. Os efeitos que atingem o corpo físico não tam nada com as ações superfiaiais que são registradas no perispírito.
Muitos deveria estudar mais antes de falar asneiras.
Mesmo reconhecendo a liberdade de expressão.Mas, entre a razão e os exageros, existe uma grande distância e visível bom senso.
Muita Paz para os que concordam e os que discordam.

Drielle disse...

Boa tarde a todos! Bem, eu estou prestes a fazer duas tatuagens, uma escrita religiosa "FÉ EM DEUS" e outra a de um escorpião, então comecei a pesquisar na net o que significavam as tattoos, e me deparei com vários comentários legais aqui no seu blog Medrado, mas fiquei mais confusa ainda de fazer, pois como sempre fui a igreja, tenho medo desse comentário "nosso corpo é um templo do espírito", não devemos machucálo e nem marcá-lo.
Só que a vontade de fazer as tatuagens está tão grande, que a cada dia que passa fico mais confusa.
Pesquisei em outros sites sobre a história da tatuagem e seus significados, e encontrei este trecho que achei interessante e contraditório aos que vi aqui:


"...Na época em que os cristãos eram perseguidos pelos governos pagãos e tinham que se esconder nas catacumbas para poderem orar ao Jesus , as tatuagens serviam para eles se identificarem, através de desenhos de cruzes, as letras IHS, o peixe, as letras gregas."

Não lembro o site, mas tá aí...
Bju enorme a todos e legal demais seu blog!

Just Me disse...

Medrado, vc foi perfeito!!! Para os que dizem que a tatuagem vai contra o que o espiritismo ensina e fere o perispirito, eu pergunto: e se eu tatuar a imagem de Cristo? Ou o nome do meu filho?
Vou além: a tatuagem lesa o perispírito, mas maquiagem definitiva é tatuagem e ninguém fala nada. Lipoaspiração, botox, tantas intervenções puramente estéticas.
O que tem que ser analisado é a intenção por detrás do ato. Uma pessoa tem péssima auto estima porque tem o nariz grande e faz uma plástica. Ora, isso afetou seu estado mental e ela buscou uma melhora, mesmo não tendo nenhuma deformidade. Então ela também mutilou seu perispírito?
O mesmo se dá com a tatuagem. A pessoa faz só para pertencer a uma tribo? Faz para atingir, ferir alguém? Aí sim, a sua intenção, a sua energia vai lesar o perispírito.
O que eu acho realmente prejudicial são práticas como branding e deformar o corpo, que provocam muita dor e lesões sérias, e esses indivíduos GOSTAM dessa dor. Aí a questão da intenção, do indivíduo como um todo: porque ele quer tanto sentir dor? porque ele quer se deformar? A dor da alma dele é tão insuportável que precisa fazer doer o corpo para parar de senti-la....
Quem faz tatoo no geral não faz pelo PRAZER de sentir dor. Existem motivos e motivos, há que se olhar como um todo e fazer tudo conscientemente.

Just Me disse...

Medrado, vc foi perfeito!!! Para os que dizem que a tatuagem vai contra o que o espiritismo ensina e fere o perispirito, eu pergunto: e se eu tatuar a imagem de Cristo? Ou o nome do meu filho?
Vou além: a tatuagem lesa o perispírito, mas maquiagem definitiva é tatuagem e ninguém fala nada. Lipoaspiração, botox, tantas intervenções puramente estéticas.
O que tem que ser analisado é a intenção por detrás do ato. Uma pessoa tem péssima auto estima porque tem o nariz grande e faz uma plástica. Ora, isso afetou seu estado mental e ela buscou uma melhora, mesmo não tendo nenhuma deformidade. Então ela também mutilou seu perispírito?
O mesmo se dá com a tatuagem. A pessoa faz só para pertencer a uma tribo? Faz para atingir, ferir alguém? Aí sim, a sua intenção, a sua energia vai lesar o perispírito.
O que eu acho realmente prejudicial são práticas como branding e deformar o corpo, que provocam muita dor e lesões sérias, e esses indivíduos GOSTAM dessa dor. Aí a questão da intenção, do indivíduo como um todo: porque ele quer tanto sentir dor? porque ele quer se deformar? A dor da alma dele é tão insuportável que precisa fazer doer o corpo para parar de senti-la....
Quem faz tatoo no geral não faz pelo PRAZER de sentir dor. Existem motivos e motivos, há que se olhar como um todo e fazer tudo conscientemente.

Se Ela dança... disse...

Benefício da tatuagem? quem faz sabe, deve ser o motivo pelo qual fez. É preciso coragem e personalidade para fazer, marcar o corpo com um desenho, uma frase, que seja, é registrar "para sempre"
algo importante para si. E não é isso que vai determinar sua essência, sua atitude, sua conduta.
Liberdade, é disso que estamos falando.

miateixeira disse...

Não. Estamos falando das consequências que precisamos assumir por essa liberdade.

Se Ela dança... disse...

"Qual o beneficio que a tatuagem traz?" acho que é a pergunta inicial!! ;pp

Tomazetti disse...

Vamos imaginar a cena no vale dos tatuados:

Algo horroroso, cheirando enxofre, cheio de marginais tatuados com cara de poucos amigos e querendo briga a todo o momento.

Chega então uma jovem senhora recém desencarnada, olha tudo meio atônica, sem entender o que acontece.

O malvadão pergunta: "O que a senhora está fazendo aqui vovó?"

- Ah meu filho! eu vim para cá porque eu tatuei o nome da minha netinha aqui no meu ombro, olha só! (E mostra a tatuagem em letra cursiva escrito "Gabizinha amor da vovó)

Alan Soares disse...

Pessoal, parem e pensem... estão falando por aí... que o que acontece neste corpo... vai ficar marcado no espírito??? É isso mesmo que eu estou lendo aqui??? Então, meus amigos, coitados daqueles que sofreram alguma mutilação por acidente né?? vão ter que carregar essa mutilação pro espírito e pior depois na próxima vida ainda irão ter sequelas...
E a pessoa que morreu esmagada por um caminhão?? vai chegar como lá do outro lado??
pô pessoal... vamos usar o bom senso um pouquinho, faz bem de vez em quando...

Alessandra Rezende disse...

Não sei.Mas deve doer.Não gosto de sentir dor.Prefiro aquelas de Hena.

Barbara disse...

Bem,não é uma tatuagem que vai mostrar se uma pessoa presta ou não.São suas ações,atitudes.De nada adianta não ter tatuagem e ser uma pessoa egoísta,mesquinha,incapaz de se sensibilizar com o sofrimento de outrem ,e muito pior,se julgar melhor que os outros pq não tem tal "adereço".Não digo isso por ter tatuagem,e sim pq canso de ver individuos que vivem com o nome de Deus na boca(o que já é errado),e os pés em igrejas ,e vira e mexe estão fazendo fofocas e julgando os outros;sem cuidar da própria vida.
A tatuagem foi sim na nossa sociedade adereço de marginais,presidiários,mas no âmbito cultural ela já é usada há anos;na India por exemplo as noivas são tatuadas para o casamento.Será que nossos irmãos indianos vão todos para o vale dos tatuados devido a um hábito cultural,de milhares de anos???Os polinésios também vão para esse vale?E quem faz sombrancelha definitiva,também vai??Será que não é um pouco demais condenar pessoas de outras culturas devido a hábitos da religião delas?Ou se faz correto pq a verdade está conosco?Será que podemos julgar nossos irmãos e nos por num pedestal como "santos"???Isso não seria deixar de amar o próximo,e cair no enorme erro de se achar melhor que todos??

veronica disse...

Oi! Eu, pelo pouco que estudei sobre a responsabilidade que temos com o nosso corpo, em mante-lo bem, a tatuagem vem multilalo de uma forma que pode ocasionar problemas, em nossa proximas encarnações. Ñ tenho nada contra com quem faz, ñ descrimino e muito menos julgo, mas pra quem é espirita e pratica a espiritualidade de verdade, sabe que ñ temos o direito de multilar nem o corpo nem o espírito. Então por que fazer? Ou quem já tem e vem saber mais tarde como isso pode prejudicar o corpo e o espirito; Por que continuar a marcar o corpo? Eu creio que tudo pode ser questão de informação. Temos o nosso livre arbitrio. O espiritismo ñ diz: ñ faça ele apenas nos informa sobre as concêquencias de nossos atos e nada mais. Segue suas orientação que esta disposto a evoluir e crescer espiritualmente e materialmente. Obrigada pela a oportunidade de poder expor minha opinião e o que aprendi sobre: como cuidar do corpo que Deus nos emprestou para que possamos ter a oportunidade de encarnar para podermos evoluir e resgatar nossas dívidas. Luz a todos e que Deus esteja sempre presente na vida de todos vcs. De uma irmã de fé.

A RAZÃO PELA RAZÃO disse...

Eu não consegui ler todos os comentarios,porém tenho uma opinião muito clara e particular em relação ao corpo fisico instrumento do nosso Espirito para o aperfeiçoamento do mesmo;não é oque voce tatua no seu corpo fisico que vai ti salvar ou ti condenar mas sim aquilo que voce faz de bem ou deixa de fazer,porém a intençao pela qual tatuamos ou usamos um outro artificio qualquer é o que demosntra o estado Espiritual em que nos encontramos.

Krub disse...

Bom dia Amigos Espiritas, e para os não espiritas tbm, vejo que aqui tem alguns.

Estou meio atrasado nesse discussão pelo que vejo, hehehe, mesmo assim, explanarei minha opinião, frisando que respeito a de todos acima.

A um ano atas fiquei em séria dúvida em fazer ou não uma tattoo, tinha dúvidas em relação ao que fazer, dúvidas onde fazer, e a maior de todas as dúvidas, vai me fazer mal espiritualmente, quais as consequências, minha vida vai mudar, deixarei de estar sob proteção?

Essas e muitas outras dúvidas, pois bem, resolvi fazer, e por um sopro, recebi a mensagem de que deveria procurar o que escrever na bíblia.
Procurei, procurei, até contemplar Mateus 28:20 (Eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos), isso encontra-se escrito em meu braço, na parte interna do final da dobra do braço, até o punho.

Sabem o que sinto hoje? uma tranquilidade tremenda, porque hoje sei, isso não alterou minha vida em nada, somente em minha alto estima, e em momentos ruins, leio isso, e me acalmo.

A questão que você ai, que pretende se tattoar, é o que tatuar, porque como em tudo, em todos, tens sempre as coisas ruins pairando, aguardando o momento certo para te atacar, ou vc acha que os espíritos de baixa energia não estão organizados? claro que estão, mas são infinitamente mais fracos que os de luz.

Eu pretendo me tattoar novamente, só que, como essa última tattoagem que fiz, estou a pensar muito, muito mesmo, até encontrar o local ideal, e a tattoagem ideal, o que não é fácil, leva tempo. Desde os meus 18 anos, quando fui liberado pelos meus pais a fazer o quisesse, penso em me tatttoar, mas somente aos 26 anos fiz.

Espero ter ajudado nos esclarecimentos, e espero do fundo do coração, que estudem muito mais, e sempre a doutrina espírita, para que não se equivoquem nas opiniões, (ninguém é dono da verdade, só a verdade divina é), para que não ocorram escritas como essas preconceituosas, e fantasiosas.

Um Abraço fraterno a todos, fiquem com Deus.

P.S.: Vou fazer outra tatto em breve, e vai ser linda!

bordercafé disse...

Antes de mais nada parabéns pelo site, não conhecia e através de pesquisa cheguei até aqui. No mais, tenho uma tatuagem (e penso em fazer mais uma, pelo menos) e foi muito pensando antes de fazê-la. Fiz pelo nascimento de meu filho, pelo meu casamento, pela fase de luz que passei a experimentar em minha vida. Tenho uma linda imagem do divino espírito santo (uma pomba com seus raios de luz) nas costas. De duas uma, serei condenado por marcar na pele meu amor ou, na próxima encarnação serei alguém muito melhor pois o espírito santo está literalmente marcado em meu perispírito? Sendo sincero, não creio em nem uma das opções, pois como alguns colegas já colocaram, creio nas intenções como deflagradoras de consequencias póstumas. Será?

Unknown disse...

Obrigada pelas opiniões aqui postadas. muito me ajudaram a continuar na caminhada.tenho em minha perna o nome do meu tio que já desencarnou pra mim foi uma forma de desabafar de gritar minha dor. não vejo a hora de encontrar com ele em qualquer plano...

Hugo Fortunato disse...

Acho ridiculo esses religiosos que ficam dizendo esse tipo de bobagem.

Para eu, essa opinião de vocês só mostra o quanto vocês são mente fechada, presos em um livro escrito pelo HOMEM e não por esse tal deus inventado e idolatrado por vocês, se vocês se consideram tão superiores e humildes como dizem que tal parar com essa tosqueira de preconceito? Des de quando imagem altera carater?

Gosto é gosto meu amigo, se uma pessoa se sente bem com uma tatuagem por que não fazer? Esteja bom com você mesmo, se agrade e seja feliz e o resto é resto.

Luh Maria disse...

Boa tarde
Referente ao assunto...tenho a seguinte opinião...
A pele é um órgão de nosso corpo como todos os demais que devemos cuidar...por este motivo creio que ao fazer uma tatuagem estou agredindo de certa forma um órgão que DEUS me presenteou sem nenhuma imperfeição...me dando uma pele limpa e sadia...então pq agradi-lá?
Penso dessa forma...temos a capacidade de pensarmos...e agirmos conforme o nosso entendimento...e é isso que a doutrina nos ensina...
AÇÃO e REAÇÃO...nada é proibido...tudo tem que se refletido...
Se eu fumo...saberei que estou prejudicando meu pulmão, por exemplo...se eu bebo...estou descuidando do meu fígado...e por aí vai...
Espero que entendam meu ponto de vista..
Abraços fraternos
Luciana

Wil Machado disse...

olá, sou tatuador á 12 anos e espirita de coração, tenho uma visão ampliada sobre esse assunto baseada em anos de pesquisas e experimentações ,
concordo em alguns aspectos colocados acima sobre o culto ao corpo e a superficialidade do “ser”, muitas pessoas nos procuram realmente nesse sentido, estar na moda ou ser aceito em um grupo social , não cabe a mim julgar , cada um deve exercer o seu livre harbitrio.
Muito bem , mas será somente isso o significado da tatuagem ? a mais ou menos 15 anos a traz, tatuagem não era moda e nem aceitação e sim exclusão, e mesmo assim as pessoas faziam , foram encontrados múmias de 5.000 anos tatuadas, nas tribos maori os gerreiros indigenas recebem suas tatuagens deacordo com a honra e merecimento de cada um, tatuar o corpo é uma pratica milenar, esta gravado em nossa memória celular, é exercer o primeiro bem dado ao homem por Deus o criador , que é o livre harbitrio, concerteza a tatuagem se tornar moda é uma realidade muito recente em termos de humanidade.
Pois bem , no processo da tatuagem acontecem coisas muito profundas com o tatuado, que ultrapassam e muito a fronteira da superficialidade da moda , e que só quem faz uma tatuagem pode sentir ou tentar traduzir em palavras . mesmo com aqueles que não tem o entendimento do processo interno que se desenrola ,...quando me perguntam se eu faço tatuagens , respondo que não , faço um trabalho espiritual de enfrentamento do medo e da dor , ajudo as pessoas a recuperar a auto-estima e o amor próprio ,
falo sempre para quem me procura , para fazerem desenhos que expressam seus sentimentos mais profundo , inerentes a sua personalidade, e ai começa todo o processo , a pessoa começa uma auto-analize que resultará em uma auto-afirmação de si ,- como vou expressar o que sou se eu nem sei ou nem parei pra pensar o que sou ? após esse momento meditativo, o próximo passo é enfrentar o medo, esse virús social que desestabiliza todo o nosso sistema emocional , mental e corporeo , vencido essa etapa estamos prontos a enfrentar a dor , a dor é fruto de uma mente insegura e em desalinho , por isso nos primeiros 10 a 15 minutos de tattoo a batalha esta travada entre seu “eu” superior e sua mente que mais parece um galinheiro , quando a mente é subjugada pelo seu verdadeiro "eu"ela se cala e a dor desaparece, quando a dor desaparece e a mente é vencida , a pessoa experimenta uma profunda paz e calma interna a sensação de vitória é eminente após a sessão que deve durar no *maximo 2 horas .
ao ver a obra concluída, a auto-estima, pulsa em seu campo emocional e perdura por um longo tempo, transformando-o em um imã de energia positiva, pois essa é uma lei universal , onde só se colhe o que se planta , a lei do retorno.
existe um momento importante no pós tattoo, que é o cuidado, de pelo menos uma semana com o seu corpo onde é depositado todo carinho e atenção do tatuado , acompanhado de uma dieta simples e desintoxicante . que só trará beneficios ...Fazer uma tatuagem é muito mais que fazer um desenho na pele, é divino é a arte a seviço do bem maior, do amor eterno que habita dentro de cada ser, sinto-me honrado em poder desenvolver esse trabalho, por isso me coloco totalmente presente nessa hora, para desenvolver com responsabilidade e amor para com todos os seres, a obra divina que me foi confiada ...Namastê , Wil Shanti

Joelma disse...

Boa tarde pessoal,
Eu nasci no dia 23 de abril dia de São Jorge e há algum tempo venho pensando em tatuar o santo nas minhas costas. Eu gosto muito. Nossa! Essa discussão toda me deixou ainda mais na dúvida se devo ou não tatuar o meu corpo. Afinal a que conclusão chegaram???
Um abraço a todos
Joelma